DIANTE DE UMA GESTANTE QUE QUER CESÁREA - Experiência de uma Doula


Vivi essa experiência com uma amiga, que tinha muito medo do parto normal. Ela ouvia histórias da carrochinha, onde mulheres tinham sofrido violências obstétricas, mulheres que tiveram parto normal e diziam que a dor era horrível, que sofreram fórceps e coisas desse nível.

Ela me deu espaço para conversamos sobre tipos de parto. Foi

então que começamos a falar sobre parto normal e natural, seus benefícios, a maneira como o corpo trabalha sozinho, sem necessidade de quaisquer intervenções de outros meios. Que toda mulher é capaz de parir, gorda ou magra, alta ou baixa, negra ou parda, que o parto é pra todas e que se ela quisesse ela poderia ter o parto dela assim.

Mas ainda assim tinha aquelas perguntas assombrando sua cabeça como por exemplo: e se o bebê passar da hora? Como reconhecer que estou entrando em trabalho de parto? A dor é insuportável?

Foi então que pesquisei muito, conversei com outras doulas, com obstetrizes nas redes sociais e obtive informações com base cientifica para levar a ela uma informação livre de dúvidas. Apresentei todas as evidências, mas deixei bem claro que a protagonista do parto é ela, que eu estou ali simplesmente para proporcionar alivio, conforto, tranquilidade e segurança diante da decisão que ela tomar; não sou responsável e nem posso ser por tomar decisões por ela ou forçar uma situação.

Eu esperava que ela fizesse a melhor escolha, que fisiologicamente seria o parto natural, livre de intervenções e violências. Para minha felicidade, ela pariu lindamente uma menina com 40 semanas 3 dias num parto natural!!!


Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2018 Amigas do Parto

  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now