ATENÇÃO IMEDIATA AO RECÉM-NASCIDO

A grande maioria dos RN necessita somente de vias aéreas livres e calor adequado para suportar os primeiros minutos, no início de sua adaptação à vida extra-uterina. E, logo em seguida, deve ser colocado junto à mãe.'

Em seu livro Nascer Sorrindo, Frederick Leboyer descreveu diversas medidas destinadas a minimizar "o choque da primeira experiência de separação do recém-nascido":

1) O uso de uma sala de parto ou um quarto no domicílio que esteja à meia luz. 2) Clampeamento tardio do cordão umbilical 3) Massagem suave e banho morno para o bebê.

Podemos acrescentar a estes itens: 1) Um ambiente silencioso 2) Uma música harmoniosa (se houver preferência) 3) Um tratamento ao toque do RN com extrema delicadeza e respeito pela vida humana em seu momento de grande fragilidade e portanto necessidade de aconchego.

Para estabelecer a permeabilidade das vias aéreas se deve proceder à aspiração nasofaríngea, apesar de que quando saudáveis os RNs nem precisam de aspiração. A recomendação de que todos os RNs sejam mantidos aquecidos imediatamente após o nascimento baseia-se em um conjunto de evidências sobre a fisiologia térmica dos animais e seres humanos RNs. Em ambiente frio eles mantêm a temperatura corporal às custas de um aumento do gasto energético. Os bebês devem ser secados em especial a cabeça e entregues às suas mães e protegidos por um cobertor. Logo em seguida deve ser estimulada a amamentação. Se sabe que a produção do leite começa de forma mais abundante a partir do terceiro dia pós-parto, mas o contato imediato do bebê com o seio materno reforça o vínculo mãe-filho e serve como ponto de apoio para a experiência da amamentação e sua continuidade ao longo dos meses que se seguirão.

Quando o parto for no domicílio, a mãe pode ficar com seu bebê no colo e amamentando durante o terceiro período do parto (dequitação da placenta), o que estimula a liberação de ocitocina e facilita a descida da placenta pela contração uterina.

O passo seguinte é o primeiro exame do RN: peso, comprimento, P. cefálico, P. torácico, teste dos reflexos neurológicos do RN, e exame físico geral. De novo, ele deve ser vestido e, quentinho, devolvido para a mãe para que juntos desfrutem dos momentos de êxtase e repouso após a intensidade do acontecimento!

Aqui estamos nos referindo a uma gravidez a termo, um trabalho de parto sem complicações e o nascimento natural de um RN saudável, possivelmente em casa.

Adelise Noal Monteiro É médica pediatra, homeopata, acupunturista com clínica em psiquiatria junguiana. Exerce também a função de médica-parteira e atende a partos domiciliares em Porto Alegre. Colaboradora da ONG Amigas do Parto. Está envolvida em projetos com os Guaranís e com parteiras do Santo Daime da floresta amazônica, região do rio Purus.

#Recémnascido

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2018 Amigas do Parto

  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now