PASSOS PARA SUPERAR O MEDO DO PARTO

February 7, 2017

 

"Ola me chamo Kelly

estou planejando ter meu 1 bebe

so que so pensa no parto ja sinto dor tenho muito medo

gostaria muito em ter um filho mas esse medo me deixa um pouco insegura

ja pesquisei muito sobre os 2 tipos de partos e sempre acabo chorando

''pois sei q nao vou dar conta'' sou muito medrosa

o q vc me sujere!!!

obrigado"



Kelly,


o medo do parto é normal, mas é superável. Vou te dar alguns passos para pegar esse touro pelos cornos e domá-lo, ok?


Em primeiro lugar, vamos por os pés no chão e raciocinar.


Temos medo do que não conhecemos. E o parto é o desconhecido para qualquer mulher. A dor do parto não pode ser comparada a nenhuma outra que conhece. Isso não quer dizer que seja pior. É diferente. Só vivendo para saber.


A dor é algo subjetivo, cada pessoa tem um limiar de dor diferente.


Enfim, a dor depende do ambiente no qual estamos, de como nos sentimos, de quem está conosco. Se nos sentimos acolhidas, amparadas e apoiadas temos muita mais coragem do que imaginávamos.


Em segundo lugar, vamos passar a outra questão: os mitos.


O que você pensa da dor e do parto é mais importante da dor e do parto em si. Isso porque você é uma humana e para você, como para mim e para todo mundo, achar que uma coisa é possível a torna possível. Acha que é espantosa a torna insuportável. Lembrei agora de minha filha que com numa festa de aniversário do tio dela, estava com um dente mole. O tio, que era um adolescente brincalhão, falou assim: vamos amarrar uma cordinha e puxar o dente. Minha filha ficou tranquila e deixou que ele amarrasse um fio. Quem de nós adultos ficaria assim tranquilo? Poucos. A diferença é que ela "não tinha minhocas na cabeça". Não achando que aquilo fosse dolorido, deixou acontecer. Puxaram o dente com firmeza e rapidez, ele saiu e pronto. Estava resolvido o assunto. Minha filha continuou tranquila.


Por este motivo, vá substituir os mitos com algumas experiências reais de mulheres reais. Entre aqui e leia algumas histórias de parto em nosso site, elas inclusive estão divididas por tipo de parto. Ver de perto vai ajudá-la a começar a relaxar.


Dá também uma boa pesquisa nesse mesmo site, o amigasdopartogestantes.com. Encontrará a explicação de como é o parto domiciliar, hospitalar tradicional e a cesárea.


Em terceiro lugar, quando estiver grávida, é importante que faça um curso de preparação para o parto. Outro elemento que deve fazer parte do seu projeto de mãe é o profissional certo.  Acrescente esta leitura a outras: http://www.adrianatanesenogueira.org/empoderando-as-mulheres


Em quarto lugar, se o medo continuar, se sentir necessidade de desabafar, procure alguém que saiba o que faz e possa ajudá-la, mesmo que seja só durante a gestação. Mas não espere o último momento. Haja logo e confiante.


Em quinto lugar e para finalizar, você pode contratar uma doula para estar com você duranteo parto. 


É bom que pense nisso desde já. Leia também o meu Mulheres (e Homens) Contam o Parto 2. Clique no link para saber mais: http://www.adrianatanesenogueira.org/mulheres-e-homens-contam-o-parto-2


Sobretudo, aprenda a ter confiança em si mesma - é indispensável se quer ser mãe.



Adriana Tanese Nogueira, Psicanalista, filósofa, autora, educadora perinatal, fundadora da ONG Amigas do Parto. www.adrianatanesenogueira.org

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

ONDE ESTÁ?

July 6, 2017

1/1
Please reload

Recent Posts

April 20, 2020

December 2, 2019

Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags