TRABALHO DE PARTO: QUANDO UMA MULHER NÃO AGUENTA MAIS

Este dialogo ocorreu no Curso de Formação de Doulas Parto entre uma das alunas e a formadora Maria Vergara

Das duas vezes em que acompanhei parturientes no trabalho de parto, percebi que em determinado momento, bem perto da fase de expulsão, as mulheres perdem um pouco as forças. Minha iniciativa foi de fazer massagens nos braços: levantar os braços e fazer massagem vigorosa em direção aos ombros. Imagino que possa fazer nos pés e pernas. Esse procedimento estaria correto? Que mais poderia dar forças e energia a mulher? Um oleo?

Está bem fazer massagens, fazer respirar r dar suporte emocional. Porém, creio que a mulher possa também descansar. Ela pode dormir entre as contrações. Muitas vezes isso acontece e é muito bom. Ela repõe as energías, e se conecta! Nem que seja por um minuto... e ela acorda na próxima contração.

Quer dizer então que a aquietar, mesmo que por minuto, já a faz recuperar as forças para a proxima contração. Mas houve um momento que pensei que a mulher ia desmaiar. Nesse caso acho que fazer as massagens pode reanimá-la um pouco.

Muito bom então fazer as massagens e se está para desmaiar então talvez ela necessite de algo doce, como suco, uva passa e fruta seca. Alimentos em pouca quantidade mas que dêem sustento. Talvez ela chegou ao limite de si mesma e deve conseguir forças para superá-lo. Nesse caso o apoio morla é importante, lembrando-lhe que todas passamos por isso e que mesmo parecendo que não podemos mais, todas temos a força para nos recuperar e conseguir.

#trabalhodeparto #limitedamulhernoparto

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2018 Amigas do Parto

  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now