SER PAI É UMA REALIZAÇÃO ÚNICA, MARAVILHOSA E GRATIFICANTE

August 27, 2019

Não deixem sua companheira cuidar de tudo sozinha, ajudem-a da melhor maneira possível, com certeza você será muito mais feliz e se sentirá completo.


 

Nome: Celso Antônio Raquieli

Idade: 42

Profissão: Professor

Quantos filhos: 4

Ano de nascimento dos filhos: 1989,1992,1995,2002

Cidade: Araraquara

Estado: SP

E-mail de contato:celraqu@hotmail.com

Autoriza a publicação: sim

Data de preenchimento do questionário: 09/04/2007


Seu(s) filho(s) nasceu/nasceram por qual tipo de parto?

Uma cesárea e três normais.


Você acompanhou o nascimento? Como foi a experiência pra você?

Não entrei na sala de parto, mas em todos estive do lado da minha esposa até os últimos instantes da preparação para o parto.


Quando lembra do momento do nascimento do(s) seu(s) filho(s) o que lhe vem à mente?

A cada nascimento uma emoção muito grande tomava conta de mim, e quando me lembro dos nascimentos das minhas filhas vejo sempre a imagem delas sendo trazidas pela enfermeira e colocadas na minha frente.


Sua companheira amamentou?

Sim.


Até quantos meses?

A Camila foi amamentada até os três meses, mas esse período curto foi motivado por uma hérnia que apareceu no segundo mês e teve que passar por uma cirurgia, devido a situação de stress o leite diminui  drasticamente. A Amanda mamou até 1 ano e três meses, a Ana Carolina até os sete meses e a Luisa até os noves meses.


Ela encontrou dificuldades em amamentar? Quais?

Em todas as amamentações a dificuldade maior foram as rachaduras nos seios.


Qual foi sua participação perante essas dificuldades?

Sempre procurei ajudar da melhor maneira possível, nas mamadas noturnas sempre acompanhava ajudando no que fosse necessário.


Sua visão da paternidade mudou após o parto?

Antes de ser pai não tinha consciência de como seria, mas sabia de todas as responsabilidades que teria de assumir a partir daquele momento.


Como você se via como pai nos primeiros meses de vida de seu/sua filho/a?

Me via como a pessoa mais feliz do mundo, apesar das dificuldades de ser pai pela primeira vez


O que você pensava sobre a paternidade durante a gestação e depois do parto?

Durante a gestação vivia a expectativa de ser pai e que tudo estava correndo bem com o bebê e a futura mamãe, depois do parto a alegria de receber nos braços aquela criança cheia de vida que já amava desde o instante que soube da sua existência e que agora podia tocá-la e ajudá-la a enfrentar as dificuldades da vida.


Mudou de visão nos meses a seguir?

Ser pai é uma realização única, maravilhosa e gratificante.


Quais são as coisas mais importantes que um homem encontra ao se tornar pai?

Maturidade, responsabilidade redobrada, renovação do seu amor pela sua esposa.


Como você definiria a paternidade?

Maravilhoso.


Tem vontade de ter outros filhos?

Não.


O ser pai de hoje é algo que você aprendeu ou veio espontâneo?

Veio espontâneo.


O que seu/sua filho/a exige mais de você?

Elas exigem carinho e atenção.


Quais descobertas a respeito de você mesmo a paternidade lhe trouxe?

Carinhoso e cuidadoso.


Acredita que é um homem precisa experimentar a paternidade para sentir-se uma pessoa completa? Por que?

Sim, porque só através da paternidade você aprende a dar valor à vida.


O que diria à você mesmo e à sua companheira antes do parto?

A minha esposa diria que eu a amo muito e para mim, muita calma.


Sua relação com o mãe de seu/sua filho/a mudou em consequência da paternidade? Como e por que?

Sim, passei a respeitá-la, amá-la e a admirá-la ainda mais, pois ela  carregou por nove meses as nossas preciosidades que hoje temos em nossas vidas e hoje cuida com todo o carinho e dedicação de todas.


Qual conselho daria aos pais de primeira viagem?

Não deixem sua companheira cuidar de tudo sozinha, ajudem-a da melhor maneira possível, com certeza você será muito mais feliz e se sentirá completo

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

ONDE ESTÁ?

July 6, 2017

1/1
Please reload

Recent Posts

April 20, 2020

December 2, 2019

Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags